quarta-feira, 2 de novembro de 2011

NEUROCOSMÉTIOS

Você sabe o que é?


Como se não bastasse todos os benefícios já oferecidos pela indústria cosmética, surgiu no mercado um novo conceito no tratamento de beleza. A novidade une psicologia e estética, possui princípios ativos que atuam direto nos neurotransmissores, liberam endorfinas que podem desencadear as sensações mais diversas, como o bem-estar e felicidade.
Um exemplo da liberação de Endorfina no organismo é comer chocolate:

Muitos prometem até melhorar o humor e a qualidade do sono. E há também um forte índice de que esse tipo de produto pode agir sobre o estresse.



A Neurocosmética é a evolução da era cosmética sensorial. Ela é baseada na aplicação de substâncias que atuam no organismo de forma semelhante aos neuromediadores endógenos, exercendo efeitos benéficos para a saúde e beleza da pele e cabelos. A Neurocosmética explora os aspectos fisiológicos da felicidade, ou seja, busca os efeitos positivos que o estado de felicidade e bem-estar causam à pele e às estruturas relacionadas. Este conceito está na observação inegável que se você se sente bem, você tem boa aparência, e vice-versa. Levando em conta os efeitos benéficos da endorfina sobre a pele, logo se imagina as aplicações que essas substâncias poderiam ter em produtos dermocosméticos, porém as legislações sanitárias européias e brasileiras não permitem o emprego de hormônios em cosméticos e, dessa forma, a aplicação de endorfinas nesse tipo de produto torna-se inviável.



Como se sabe, a pele é ricamente enervada, portanto as fibras nervosas estão intimamente relacionadas com as células cutâneas (queratinócitos, células imunes, fibroblastos, adipócitos, etc.), contribuindo para a homeostase do tecido. A homeostase é mantida através de diversos processos biológicos, tanto as células nervosas produzem neuromediadores que atingem alvos específicos na superfície de células cutâneas, quanto os mediadores produzidos pelas células cutâneas regulam as funções metabólicas das células nervosas.




Ativos com Ação Neurocosmética




  
Dentre as matérias-primas existentes no mercado para a formulação de neurocosméticos, podem ser destacadas:

   - Endorphin, um neurossensorial etnobotânico, elaborado com polifenóis de cacau e extrato da flor da Tephrosia purpurea (planta exótica de origem subtropical, amplamente utilizada na Índia), que agem sinergicamente acalmando e hidratando a pele e, ao mesmo tempo, estimula a liberação de beta-endorfinas pelos queratinócitos, promovendo sensação de relaxamento e conforto. (O pH de estabilidade varia entre 4,5 e 6,5, e a concentração de 3,0 a 8,30%).
  
- Neuroxyl, uma associação de neuropeptídeos com propriedades neuroprotetoras e neurotróficas, aumenta a sensibilidade cutânea prejudicada pelo processo de envelhecimento, reequilibra a função imunológica, mantém as trocas celulares em equilíbrio, recuperando a função jovial do tecido; controla o processo de pigmentação cutânea e hidratação. (O pH de estabilidade varia entre 4,5 a 6,5, e a concentração de 1,0 a 3,0%).
 
- Happybelle PE é um complexo de fito endorfinas do Vitex agnus castus (conhecido como “pimenta-dos-monges”) em ciclodextrinas, na forma de encapsulado em lipossomas, que estimula a proliferação de fibroblastos e migração de queratinócitos, revitalizante, hidratante, suavizante de rugas e calmante para a pele. É utilizado em cosméticos manipulados. (O pH de estabilidade varia entre 5,0 a 7,0, e a concentração de 1,0 a 2,0%).
  
 - Calmosensine, um modulador da percepção de sensações desagradáveis é o ativo que tem a capacidade de reduzir as sensações de irritação da pele. (Usado em concentração de 30%).
  
- Eritelina 2, ativo que reduz eritemas, pruridos e descamações. (O pH de estabilidade varia entre 5,5 a 6,5, e a concentração de 2,0 a 3,0%).
- Sensactive VEG, um aditivo multifuncional e multissensorial de origem vegetal, age com um bioconector entre a mente e a pele, induzindo ao bem-estar e à homeostase cutânea. Por meio do estímulo, aumenta a produção de beta-endorfinas e encefalina, e proporciona toque sedoso, aveludado, sensação de hidratação, bem-estar, luminosidade e radiância.

   - Sepicalm S, o ingrediente obtido de aminoácidos de aveia vetorizados em cadeia graxa, enriquecidos com minerais, induz à síntese de beta-endorfinas, promovendo sensação de relaxamento à pele. Diminui a formação de eritema causado por estresse de UV ou mecânico e as irritações causadas por agressão química; inibe os principais mediadores da inflamação, tais como radicais livres, elastases e lipoxigenases.
  
 - Relievene SK, outro estimulante da produção de beta-endorfinas e encefalina é o que diminui o estresse oxidante e melhora o sistema antioxidante natural de defesa da pele. Reduz sinais neurossensoriais de desconforto, promovendo bem-estar geral da pele, prevenindo e protegendo contra o envelhecimento prematuro.
   
- Calmiskin, contendo frações especiais da hortelã, tem atividade tanto nos parâmetros objetivos da reatividade da célula quanto na percepção sensorial, visando trazer conforto e refrescância à pele suscetível à irritabilidade. É um neuroestimulante que proporciona alívio imediato, por meio da produção de queratinocitária de beta-endorfinas, auxiliares no controle da dor, diminuindo a secreção dos principais mediadores inflamatórios, além de estarem envolvidas nas sensações de bem-estar.

   - Kemspheres VBE, Nanopartículas carreadoras de Vanillyl Butyl Ether (VBE), compõem um ingrediente capaz de provocar sensação térmica (calor) no local onde é aplicado. Essa ação neuroestimulante ocorre graças à capacidade do VBE em se ligar a receptores específicos da pele, ativando os neurônios nociceptivos que, por sua vez, desencadeiam a cascata de sensação térmica, promovendo aquecimento intenso e prolongado sobre a área aplicada.
  
 - Glistin, um dipeptídeo neuroprotetor com ação antioxidante, tem como principal ação proteger as funções vitais e manter a qualidade da pele do ponto de vista metabólico e imunológico.
  
 - Bacocalmine, da medicina ayurvédica vem um antiestresse cutâneo com ação analgésica leve, indicado para peles sensíveis e produtos com o conceito Zen. Em geral, é utilizado em formulações como complemento natural do Calmosensine.




Produtos com Ação Neural



 - A BioAge oferece o Bio-Sensitive, um hidratante e antioxidante composto por extratos de cacau e Tephrosia purpurea, que estimulam a liberação das beta-endorfinas.

 - A linha Hapiskin, da Valmari, contém Calmosensine.

 - A marca Anna Pegova lançou o Lotion Akinésine, uma loção antiidade que alia neuropeptídeos a Idebenona; e o Akinésine Happyskin, um creme antiidade que contém fitoendorfinas e um complexo firmador.

 - A linha Nutralift, da Adcos, é composta por sérum e gel-creme facial à base de Neuroxyl, Endorphin e DMAE.

 - A Guerlain criou a linha Happylogy (com produtos de uso noturno e diurno), com vitamina E, extrato de loquat e o ativo Calmosensine.





Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Todos os direitos reservados e protegidos por

myfreecopyright.com registered & protected